VOCÊ SABE O QUE É POBREZA MENSTRUAL?

VOCÊ SABE O QUE É POBREZA MENSTRUAL?
Retirado de: https://korui.com.br/o-que-e-pobreza-menstrual-e-como-combater/#:~:text=A%20pobreza%20menstrual%20vai%20muito,saneamento%20b%C3%A1sico%20e%20desigualdade%20social.

VOCÊ SABE O QUE É POBREZA MENSTRUAL?

Pobreza menstrual se refere a falta de recurso material e financeiro e a falta de saneamento básico que impactam no ciclo menstrual de uma mulher, afetando principalmente a higiene pessoal. Um dos pontos urgentes do assunto é a precariedade do acesso ao absorvente descartável. 

Durante a idade fértil, uma mulher pode gastar até R$6mil com a compra de absorventes descartáveis, porém para quem vive em situação de vulnerabilidade social e não tem condições de ter esses gastos a situação é degradante, chegando a utilizar miolo de pão, folhas de jornal, pedaços de pano velho, papel higiênico e absorventes sujos reaproveitados, afetando a saúde e podendo causar infecções. Países pobres, população carcerária feminina, pessoas em situação de rua, refugiadas, são as que mais sofrem com a falta de acesso ao absorvente e a situação é reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), desde 2014. É uma questão de direito básico e conforto psicológico.

Um estudo feito pela Sempre Livre no Brasil mostra que 22% das meninas entre 12 a 14 anos não têm acesso a produtos de higiene pessoal e o número sobe para 26% em meninas de 15 a 17 anos. Em outra pesquisa, feita pela Intercept, consta que meninas que não têm acesso a absorventes perdem 25% do ano letivo.

Na Netflix há o documentário “Absorvendo o Tabu”, no qual mostra a situação das mulheres indianas e como a cultura influencia na manutenção da pobreza menstrual. É importante que tenha no Brasil e no mundo um desenvolvimento de políticas e leis para amparar essas mulheres, mas nós também podemos fazer nossa parte.

O dia 28 de maio é voltado para a realização de iniciativas a nível global para chamar a atenção sobre o tema, com o objetivo de quebrar o tabu, que cerca a menstruação, e dar dignidade menstrual a meninas e mulheres. É necessário, também, durante todo o ano ficar de olho no assunto e cobrar políticas públicas que diminuam ou acabem com a pobreza menstrual.  Além disso, fazer doações de absorventes para mulheres sem condições de comprar já é um começo e faz muita diferença.

COMO A ARQ JR ESTÁ AJUDANDO?

Sabendo dos problemas enfrentados por mulheres encarceradas na região de Ouro Preto, a diretoria de Impacto Social, juntamente com a empresa e com o Rotaract, decidiram fazer uma campanha durante o processo seletivo da Arq Jr. para arrecadar fundos para a compra de absorventes para essas mulheres que não tem condições ter a saúde básica nos presídios. A doação será voluntária e com o valor arrecadado a empresa comprará os absorventes que serão doados através de uma advogada que possui clientes nessa situação. Ela fará a entrega para as mulheres que estavam em Ouro Preto e foram transferidas atualmente para Vespasiano.

Fundo do rodapé

Contatos

Redes Sociais

Feito com ♥ por Visão Tecnologia e Sistemas