Está pensando em reformar sua casa? Veja o que você precisa saber antes de começar.

Está pensando em reformar sua casa? Veja o que você precisa saber antes de começar.
Fonte: pexels.com

Está pensando em reformar sua casa? Veja o que você precisa saber antes de começar.

 

Quando tomamos a decisão de reformar nossa casa ficamos muito empolgados, já começamos a imaginar as diversas soluções para os espaços e como seria nossa vida a partir dessa transformação. Todo o processo de reforma é muito especial, e por isso deve ser trabalhado com cautela e com auxílio de profissionais para que seu sonho não se transforme em um pesadelo.

 

Cada reforma é única, em alguns casos a ela será feita aos poucos, repaginando apenas alguns cômodos específicos, em outros, será feita uma reforma geral, remodelando a maior parte da edificação. Independente de qual for o seu caso algumas dicas são importantes para quem vai começar a transformar sua casa.

 

Planejamento é fundamental

Essa é uma das etapas mais importantes de todo o processo. É o momento de deixar a criatividade fluir, de buscar referências e imaginar como será seu novo espaço. É possível fazer uma reforma sem o auxílio de um profissional, porém caso você não tenha experiência e nem tempo para se dedicar a essa etapa, estar ao lado de um arquiteto será a melhor opção. Junto com você, ele encontrará uma ótima solução para seu ambiente pensando nas suas necessidades, no seu desejo e principalmente, no seu orçamento.

O projeto além de agilizar e garantir economia na execução, é fundamental para que se estabeleça o que será feito, evitando que surjam imprevistos e sejam necessárias alterações no decorrer do processo. Não é fácil mudar quando os pedreiros já estão trabalhando a todo vapor. Então planeje-se, procure um profissional da área e não economize tempo nessa etapa.

 

Estou cheio de ideias, mas quanto isso tudo custará?

Durante o processo de planejamento você vai se deparar com essa dúvida. E é nessa etapa que você vai começar a contabilizar o que será gasto nessa reforma. O projeto, nesse momento, é muito importante pois a partir dele você vai conseguir ter uma estimativa dos gastos de forma mais realista. O projeto realizado por um arquiteto ajuda também nesse cálculo de gastos e afeta diretamente no orçamento, vez que é pensado no que será mudado ou acrescentado mais assertivamente, evitando a perda ou compra de materiais desnecessários.

No caso de uma reforma feita de forma gradual, ou seja, um cômodo de cada vez, você pode optar por reformar primeiramente os espaços que consumirão menos recursos, para que nesse tempo você consiga juntar dinheiro para os demais cômodos da casa.

Agora no caso de uma reforma geral, é um pouco mais complicado. Além de um bom projeto de reforma, você deve se atentar ao seu planejamento financeiro. Como esse tipo de reforma normalmente é um pouco mais demorado, é fundamental que você relacione o tempo estimado da obra com seu orçamento. Caso o orçamento da obra esteja alto você pode começar repensando os materiais, buscando alternativas mais baratas para o que você deseja, ademais você pode priorizar os espaços que você considera mais fundamentais para seu estilo de vida.

Uma boa dica é que você defina um valor a ser gasto em sua reforma, isso evitará imprevistos futuros, já que a partir desse orçamento você conseguirá traçar suas prioridades e vai saber melhor onde investir.

 

O projeto está incrível, mas quem pode realizá-lo?

O planejamento, o projeto está pronto, o orçamento vai cobrir o que você pensou e você não vê a hora de colocar a mão na massa e começar a derrubar as primeiras paredes, mas certamente precisará de ajuda com tudo isso. É fundamental que você contrate profissionais qualificados para atingir os resultados esperados.

Podem ser incluídos como parte da mão de obra da sua reforma:

pedreiros;

- serventes;

- gesseiros;

- pintores;

- marceneiros;

- entre outros.

Encontrar bons profissionais pode não ser uma tarefa fácil, por isso o contato com um arquiteto que indique bons profissionais ajuda na hora de tirar tudo do papel, mas também conversar  com familiares, amigos e pessoas próximas pode ser uma boa para buscar indicações de profissionais de confiança.

 

Chegamos ao momento tão esperado! É hora de começarmos as modificações.

Costumeiramente uma reforma se inicia com uma fase de quebradeira generalizada, é nesse momento que os pedreiros e serventes irão demolir o que não será utilizado no ambiente final como: paredes, pisos, janelas e portas. É importante que todo esse entulho, que não será reutilizado, seja descartado de forma adequada, e nesse caso pode ser necessário o aluguel de caçambas. Procure alguma empresa especializada nesse tipo de aluguel na sua região.

Supondo que você queira colocar um forro de gesso no teto de sua sala acompanhado de uma grande luminária fixa no teto bem no centro ambiente. Imagine só, você paga um gesseiro para que ele faça um forro e só depois do serviço finalizado você percebe que faltam pontos elétricos para a instalação de sua luminária. Você percebe, então, que terá que chamar novamente o gesseiro e um eletricista para consertar o problema. Triste, não é? Para evitar esse tipo de problema, é importante visualizar o processo inteiro da reforma para que não seja necessário haver retrabalho dentro da obra, acarretando em mais gastos. No exemplo anterior você poderia chamar um eletricista para que ele faça as instalações elétricas antes do gesseiro entrar em ação, para que assim a sua luminária esteja no lugar planejado.

Chegamos ao final das nossas dicas, esperamos que esse conteúdo possa te auxiliar a realizar sua sonhada reforma. Que tal colocar essas dicas em prática? Caso precise de ajuda, entre em contato com a gente, será ótimo te acompanhar nessa jornada =).

Ouro Preto, Janeiro de 2020

Fundo do rodapé

Contatos

Redes Sociais

Feito com ♥ por Visão Tecnologia e Sistemas